A Receita de Presidente

bolo1

A semana passa (pretendo escrever, 3x por semana, e só) e o Governo/Dilma/PT não dão folga pra tentarmos consolidar os avanços e apontar os erros. É um dia após o outro, misturando arrogância e prepotência. Amigo(a)s, vou desenhar, eleição quem decide é o povo. E ela só acaba quando termina, quando o último voto é apurado. Mas se não aprenderam até hoje, não aprenderão mais.

Ou é o João Santana, num inexplicável surto de estrelismo, ou é a Dilma, num tradicional momento de irritação com a beligerância dos repórteres. Isso é parte do jogo. Subiram no salto, e agora vão descer, humildade e respeito serão ser o mote daqui pra frente. Então, há males que vem para o bem.

Autoaceitação é começo de toda mudança, então para se aceitar, é preciso olhar para dentro, para seus maiores erros, para seus maiores defeitos. Depois disso, se a busca tiver sido sincera, fica tudo muito mais fácil. Vale para vida pessoal, vale pra tudo. O que falta a muitas pessoas é a coragem de olhar, não para o espelho – que inverte e distorce – mas para o maldito umbigo. E é isso que o Governo Dilma tem que fazer. Pra começar a conversa.

Outra coisa que irrita é a virulência com que tratam seus adversários. Parecem ignorar que esse país só vai melhorar após uma disputa de visões diferentes, que nos leve a um caminho do meio, sem radicalismo, sem revoluções, sem o totalitarismo das ditaduras. E apesar dos problemas da democracia contemporânea, é o povo, no final, quem decide. São tantas agendas contraditórias (eg.: Desenvolvimentismo vs Sustentabilidade) que precisam ser decididas que não cabe aqui.

Muitos talvez achem que eu estou exagerando ao comparar a Marina com o Lula, não estou. O problema é que a maioria compara o Lula atual com a Marina do passado. Esquecem das besteira que o Lula e FHC diziam e a condena eternamente pelo que disse no passado. O óbvio ululante: ela deve ser avaliada por sua posição atual, e será o resultado das decisões que tomar. Vejam o Serra o que virou.

O que eu sei, é que: (A) os dois tem uma história de vida bela que emociona; (B) os dois aprendem com os seus erros muito mais rápido do que os seus críticos e apoiadores conseguem perceber e (C) os dois sempre enfrentaram preconceitos gigantescos durante sua história na política.

Somem A+B+C = um(a) Presidente(a) da República. Então, aprendam com o passado, parem de bater, senão ela não vai parar de crescer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s