Procrastinação

 

At the End of a Procrastinated Day

Procrastination is the worst feeling ever. Sitting here, staring at my screen. Watching net videos, a full two-hours stupid documentation and not enjoying one second. Then, surfing the web once more. Refreshing Hacker News and my four favorite news sites in rotation, every minute—all the goddamn day. And my work is just one Command-Tab away. Even my new 3.99-Pomodoro-app (ps.: ou tomighty for linux-free) won’t bring me back to work.

Getting me some water from the kitchen. After all, some movement away from Chrome and thousands of open tabs. Eating a banana and listening to music which I just bought somewhere in the net.

I’ve still no clue why humans procastrinate. It feels so bad and I know I’d feel better if I was working again.

But I won’t.

Ao fim de um dia de procrastinação

Procrastinação é o pior sentimento de todos. Sentado aqui, olhando para meu monitor. Assistindo vídeos na net, duas horas de estúpida documentação e não gostando nem um segundo. Então, surfando na web mais uma vez. Atualizando o Hacker News e meus quatro sites de noticia favoritos alternadamente, a cada minuto – durante todo o maldito dia. E meu trabalho está a somente a um comando-aba de distância. Mesmo meu novo aplicativo de gerenciamento de tempo de US$ 3,99 não é capaz de me trazer de volta ao trabalho.

Pegando um pouco de água na cozinha. Afinal, algum distanciamento do Chrome e suas milhares de abas abertas. Comendo uma banana e  ouvindo música  que eu acabei de comprar em algum lugar na net.

Eu não tenho a menor ideia por que os humanos procrastinam. Isso me faz sentir tão mal e sei que eu me sentiria melhor se eu estivesse trabalhando novamente.

Mas eu não vou.

Procrastinação é mais uma dessas heranças primitivas. Ela nos faz valorizar mais o que traz retorno imediato ante o retorno a longo prazo, mesmo que dê um retorno maior. Ela desafia a razão, nos confunde e atrapalha nosso planos. Ela é movida pelo impulso.

É por isso que compramos um carro financiado pra poder parar de pegar ônibus hoje ao invés de poupar pra comprar a vista dois carros daqui a dois anos. É por isso que comemos doces/gordura hoje e deixamos a dieta pra amanhã. É por isso que saímos pra beber cerveja/fumar cigarro hoje e deixamos de ir pra academia amanhã. É por isso que deixamos a monografia/dissertação/tese pra semana final de entrega.

A ciência já sabe. A economia comportamental (behavioral economics) já sabe. E com isso os publicitários já sabem. É por isso que os chocolates e salgadinhos ficam na boca do caixa. É por isso que vocês não saem do Twitter. É por isso que seu Facebook fica aberto o dia inteiro.

É, de certa forma, natural. Mas nos torturamos com isso, pois essa luta é muito recente. Pra agravar o problema é que vivemos na “Era da Distração“. Vivemos na “Era do Tempo Real. Tudo é imediato. Somos bombardeados por estímulos por todos os lados. Assim não focamos em mais nada.

Eu acho que “encontrei jesuis, encontrei jesuis”. Depois de muito esforço, voltei a focar. Estou eliminado atividades que me distraem ou considero excessivas. Delegando. Ontem tive uma recaída, mas acredito que é normal. É como parar de fumar (ver post em breve). Só funciona depois da terceira tentativa.

Mas se você olhar suas intermináveis lista de to-do (a fazer), seus livros (e-books) a serem lidos, os filmes não finalizados no Netflix, etc., perceberá que é um longo caminho. Uma batalha sem fim.

E sem garantia alguma de vitória. Mas como humanos que somos, continuamos lutando.

PS.: Nos comentários no post acima tem várias referências complementares.

2 comentários sobre “Procrastinação

  1. Também estou nesse mesmo combate.
    E quando você postou o quadrinho “How to focus in the age of distraction”, me ajudou a refletir muito nisso.
    Sigamos, que a gente consegue, rs.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s