Quer que eu desenhe? :: Especial (via @ilustreBob)

40 comentários sobre “Quer que eu desenhe? :: Especial (via @ilustreBob)

  1. Agora vc se superou! Como faço pra espalhar isso?
    Maravilha! E com humor! Sem baixarias! Excelente!

    1. No link o cara que fez (@ilustreBob) colocou os links para divulgar. Se quiser copiar o arquivo pra mandar por email, é botao direito salvar imagem.

  2. Êpa,

    Cuidado com os equívos e as meias verdades contidas no material. Isso depoe contra ele e faz com que todas as informaçõe sejam passíveis de dúvida e/ou critica. Alguns erros:
    – A universidade Federal do Tocantins foi criada em 2000, governo FHC. http://www.site.uft.edu.br/conheca-a-uft/dados-uft/historia.html
    – A Unifal nao foi criada no governo Lula, existe desde 1914 (http://pt.wikipedia.org/wiki/Universidade_Federal_de_Alfenas )
    – A Universidade Federal do Triangulo Mineiro foi fundada em 1953 (como Faculdade de Medicina do Triangulo Mineiro), transformada em Universidade no ano de 2005 http://www.uftm.edu.br/paginas/carrega/cod/1/t/APRESENTACAO
    – A Universidade Tecnologica Federal do Paraná foi também criada há muitos anos. De acordo com o site da instituição
    “Em 1998, em virtude das legislações complementares à LDBE, a diretoria do então Cefet-PR tomou uma decisão ainda mais ousada: criou um projeto de transformação da Instituição em Universidade Tecnológica.Após sete anos de preparo e o aval do governo federal, o projeto tornou-se lei no dia 7 de outubro de 2005.” http://www.utfpr.edu.br/a-instituicao/historico

    Vou listar outros num próximo post.

    1. Caro, pra quem vc quer corrigir os outros vc peca por omissão. Não importa a data do projeto no Congresso. Importa a IMPLEMENTAÇÃO, ou seja qdo se tirou do papel.

      Projetos no Congresso tem mais de 56 lá, isso significa que se daqui a 10 mil anos quem implementa-las não vai ser o responsavel pela obra?

      http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL259295-5601,00-PARLAMENTARES+QUEREM+CRIAR+MAIS+UNIVERSIDADES+FEDERAIS.html

  3. Os dados de desmatamento também estão incorretos ou camuflados. De acordo com a Ong SocioAmbiental, que traz dados do INPE, o correto é:
    “De 1977 a 1988: 21 mil quilômetros quadrados
    De 1988 a 1990: 31,5 mil quilômetros quadrados
    De 1990 a 1994: 39,7 mil quilômetros quadrados
    De 1994 a1998: 77,8 mil quilômetros quadrados (1º governo FHC)
    De 1998 a 2002: 76,9 mil quilômetros quadrados (2º governo FHC)
    De 2002/03 a 2005/06: 84,4 mil quilômetros quadrados (governo Lula)”

    Fonte dos dados: http://www.socioambiental.org/esp/desmatamento/site
    Site Oficial http://www.socioambiental.org/

    1. Caro, o gráfico não representa a evolução da área total desmatada, e sim da taxa de desmatamento anual.
      Aliás, assim que a Marina deixou o Ministério do Meio Ambiente, e o Minc assumiu, a taxa de desmatamento caiu pela metade.

      1. Ehehe , malandro esse “êpa” hein ? o mundo inteiro reconhece que caiu o desmatamento e ele vem contar a area acumulada pelos anos, sonso o rapaz…

  4. Há ainda mais alguns erros.
    Gente, CUIDADO PARA NAO ESCREVER BOBAGEM. Isso compromete todo o conteúdo, pois passa a ser passível de dúvida.

  5. não consegui acessar este link da fundação getúlio vargas. Como posso conferir este dado de outra forma?
    adorei o seu trabalho! ajudará muito na campanha para Dilma!

  6. Utilizo abaixo a brilhante análise feita pelo colega Gustavo Lima sobre o assunto:

    Os gráficos realmente têm problemas. Alguns deles têm origem nas fontes oficiais, outros não. Não sei as distorções foram feitas intencionalmente ou não, mas elas existem. Também não recebi um tostão para fazer essa análise. Recebam-na como uma crítica à forma; não defendo aqui nenhum dos candidatos, mas sim que as informações verdadeiras sejam exibidas com clareza, e não através da lente de quem as divulga. Sou um jovem que um dia se interessou pelas formas que existem de mentir sutilmente através de gráficos, e essa é minha humilde contribuição.

    Inspirou-me a fazer essa análise Alessandro Nicoli de Mattos, autor do livro “Informação é prata, compreensão é ouro” e do blog http://comomentirsutilmente.blogspot.com, nos quais me baseei.

    == Miséria no Brasil

    1. O “28,17” no final do governo FHC parece maior do que o “28,99” do início, sugerindo aumento onde na verdade houve queda.
    2. Os “15,54” do final do governo Lula é mais do que a metade dos “28,99” do início do governo FHC. Mas, no gráfico, a impressão é de que é cerca de dez vezes menor. O problema é que o gráfico não começa no zero e não há indicação desta quebra de escala.
    3. As barras verticais não regulares distorcem o gráfico. A última delas reforça a sensação de que os valores continuam caindo e chegam a zero.
    4. O sombreamento feito ao longo do gráfico, bastante sutil, forma uma linha descendente que reforça a ideia de que o gráfico está em queda.
    5. Qual é a unidade de medida na escala vertical? Não há indicação.

    == Geração de Empregos

    6. Os ícones arredondados no final das barras compromete a comparação entre seus tamanhos. Não há clareza de onde termina a barra.
    7. A tarja amarela “combo triplo” ficou incorporada à barra de Lula, e o que era o triplo, visualmente, transformou-se em “quádruplo”.

    == PIB per capita

    8. Aqui, mais uma vez temos problemas de escala. Os “5.400” do governo Lula parecem ser três vezes maior do que os “4.400” do governo FHC, embora seja apenas 23% maior.
    9. A sombra sutil colocada no fundo do gráfico forma uma área que vai diminuindo da esquerda para a direita, dando a ideia de que a diferença entre as áreas do gráfico correspondentes a FHC e Lula é ainda maior do que é na verdade.
    10. Já a sombra dentro do gráfico sugere estagnação total no governo FHC (linha horizontal) e um crescimento ilimitado no governo Lula (linha ascendente até o fim do gráfico, apesar de ter havido uma ligeira queda).

    == Desflorestamento
    11. Os mesmos problemas aqui: escalas e sombras. A sombra sutil ao fundo aumenta da esquerda para a direita. E a sombra dentro do gráfico sugere queda ilimitada, chegando a zero, no governo Lula.
    12. Um recurso talvez ainda mais sutil: a figura de Marina desequilibra o gráfico ainda mais. Por ser grande e colorida, tem muito peso, e dá a sensação de que a área de Lula é menor do que é na verdade.

    == Considerações finais

    Em se tratando de gráficos, todo cuidado é pouco. Tudo o que é introduzido neles e que efetivamente não faz parte da informação é uma fonte de distorção. Da mesma forma a parte da informação que deveria estar lá mas foi suprimida, como no caso das escalas. Tudo bem, os gráficos aqui mostrados sem os efeitos visuais, os ícones, as medalhas, os comentários (“Triplo combo”, “Tia Marina aprova”…) ficariam bem menos atrativos. Em compensação, seriam muito mais isentos e verdadeiros.

    1. Como distorcer sutilmente.

      Já disse que os graficos especificos pra cada tema estao no blog, veja em:

      https://muitopelocontrario.wordpress.com/?s=quer+que+eu+desenhe

      Nele são graficos economicos, seguindo a metodologia da ABNT, com citação de fonte e detalhamento de escala.

      O trabalho do @ilustreBob, foi uma consolidação artistica, não é tecnica, não há erro nos dados (exceto a divergencia HISTORICA nos dados do desmatamento.)

      Confira os outros graficos e depois a gente conversa.

    2. Rapaz vc discorda que todos os números apresentados do lula são melhores do que o FHC ? tá errado o que caiu mais , o que subiu mais ? NÃO, o único porém é que os gráficos não começam do zero, mas isso pouco impora já que os números estão lá o resto é trololó.

      1. Adriano, só completando a sua resposta: entre FHC e Pedro Alvares Cabral, teve a Economia Colonial, levada nas costas pelos primeiros imigrantes vindos da África na marra. Será que esse Gui tem como alcançar isso? Afinal, a linha de raciocíno é dele. Deixem-me advinhar: ele é paulista!!! Duvido que não seja!! Se não nasceu em São Paulo, padece de paulistisse, que é um estado de espírito, não um mero gentílico.

  7. Legal! Um humor bastante diferente e bem criativo. Mas, quanto aos dados divulgados, fica a pergunta – são verdadeiros? Você apertou sem mim abraçar (PT…PSDB…!?)

    1. Só é legal se forem verdadeiros, Marilene.
      Nesse mesmo blog faz uma busca por: quer que eu desenhe

      Os muitos gráficos te ajudarão a esclarecer tua dúvida.

  8. EU CONCORDO COM OS NÚMEROS, APRESENTADOS PORQUE VIVI O OUTRO GOVERNO, NA ÉPOCA QUIZ FAZER FACULDADE E NÃO CONDIÇÕES, SÓ NO ATUAL GOVERNO CONSEGUI. FIZ A GRADUAÇÃO E AGORA ESTOU FAZENDO A PÓS- GRADUAÇÃO. TENHO UMA IRMÃ QUE GRAÇAS AOS CURSOS TÉCNICOS CRIADOS NO ATUAL GOVERNO, É TÉCNICA E JÁ TEM EMPREGO…SÓ PERCEBE REALMENTE AS MUDANÇAS, QUE OCORRERAM DURANTE O GOVERNO LULA, QUEM ENFRENTOU DIFICULDADES…PERNAMBUCO É UM ÓTIMO EXEMPLO, DO QUE O PT FEZ E PODE FAZER PARA MELHOR A VIDA DA POPULAÇÃO. QUEM TIVER DÚVIDAS, PESQUISE SOBRE OS ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS, EM ESPECIAL A VITÓRIA DE EDUARDO CAMPOS DO PT, QUE DERROTOU O CANDIDADTO DO PSDB…

    1. Só duas pequenas correções: Dudu não é do PT, embora deva a sua eleição há quatro anos aos eleitores do Partido dos Trabalhadores, bem como, em parte, a sua reeleição agora; o candidato derrotado agora não é do PSDB, é da banda podre do PMDB.
      P.S.: Edvaldo, grande abraço!!! Saudades dos velhos tempos da Casa de Tobias!!!

  9. Passei pelos dois governos e sei bem a diferença entre eles. Só pra citar alguns exemplos: Fiz Escola Técnica Federal em Pernambuco e entre 1998 e 2001 tivemos 380 dias de greve, duas delas duraram mais de 100 dias !!! A escola estava sucateada, as quadras completamente destruidas e o abandono era geral, em visita recente me deparei com uma escola moderna, repleta de gente, ônibus novos e banheiros (antes interditados) agora tem até granito nas paredes. Na sequencia entrei na UFPE e é unânime entre alunos e professores, tudo mudou !!! Os investimentos em ciência e tecnologia foram gigatescos, foram criados novos departamentos e os existentes reformados. Sem dúvida o apresentado nos gráficos retrata a realidade. Divulgado !

  10. Agora, só quero lembrar aqueles que insistem nessa polarização,e que têm memória curta demais, que tudo começou com o governo de FHC, do PSDB, com a implantação do Plano Real, não com LULA, não sejam injustos. Reconheçam que o Plano Real foi o passo fundamental e mais importante para estabilizar a economia que era um caos, para retirar o país do brejo e possibilitou a retomada do crescoimento econômico. Agora, o povo esquece de tudo isso, colocando os méritos apenas ao Presidente Lula e ao PT, que por não ter nenhum candidato capaz de assumir a presidência, Lula impôs Dilma, que é uma novata no partido, pois pertencia ao PDT de Brizola. NÃO SEJAM INJUSTOS COM O PSDB.

    1. Cara, vc enlouqueceu? PSDB e o FHC implantaram o Plano Real, tentou estabilizar a economia qto possivel, fez modernizações importantes tb. Aonde, aqui, neste blog vc viu alguém tentando reescrever a história?

      Mas o problema é ignorar as mazelas que a má gestão tucana deixou. O problema é tentar construir um discurso em que a melhoria da vida dos mais pobres é decorrência “exclusiva” dessa gestão, e não de uma priorização que só o Governo Lula/PT fizeram. Políticas Públicas são cumulativas, FHC/PSDB fizeram a parte deles, MAS o Lula/PT fizeram mais. É isso que mostramos (ou tentamos mostrar).

      Sobre a Dilma, bem eu acho que ela vai vencer (continua com uma vantagem comoda) e a não ser mais baixarias como a que o pobrezinho do PSDB usou até agora (pq não tinha outras armas) vai ser uma das mulheres mais poderosas do mundo (ver Forbes). Já é a mulher com a maior votação da história deste País, e a novata saiu de 0 para 47 milhões de votos em dois anos.

      Isso pq é despreparada.

    1. Meu amigo,

      Se tivessemos investido R$ 400 bi na pobreza estariamos no paraiso. O problema de vcs é que não discutem nada profundamente. O Bolsa-Familia custa aprox. R$ 10 bi/ano.

      O aumento da divida interna foi causada por: Gastos com Juros e manutenção da divida (custo da estabilização) + investimentos do BNDES para combater a crise (ou vcs preferem a recessão que esta ocorrendo nos paises ricos e os tucanos sempre “importavam” para o Brasil?) + utilização de swaps cambiais pra tentar controlar o câmbio (tentativa de, temporariamente, aliviar os exportadores).

      Vc pode ter opções para combater todos esses problemas. Mas tem que explicar, desenhar, discutir. Mas o PSDB não quer e não quis. Preferiu a baixaria.

      Agora se esta tão preocupado assim, é só votar no PSOL/PSTU. Eles são favoráveis a não se pagar toda e qualquer divida.

  11. Será que vale a pena continuar com uma discussão improdutiva sobre o assunto? Ambos deram sua cota de contribuição para o Brasil continuar crescendo. Resta a turma jovem procurar pôr em prática suas ideias e se envolver mais com os problemas da nação brasileira, pois, cada um pode e deve contribuir para que este Brasil forte, altaneiro, continue crescendo. Eu, por exemplo, tenho a conciência tranquila, pois sei que contribui e muito.Vamos trabalhar juntos, com ou sem PSDB/PT, buscando principalmente o bem estar da população brasileira.

    1. É óbvio Solange. Mas duvido que se o Governo Lula tivesse sido um desastre, os tucanos não estariam por ai querendo comparar.

      O processo eleitoral, serve, dentre outros, para consolidar esse trabalho e mostrar para a população o que foi feito. É uma prestação de contas, enfim.

      Mas nós sempre quisemos discutir o futuro. Mas não obtemos respostas (bem recebemos: spam, boatos, baixarias e mentiras)

  12. Ideologias à parte, vamos aos fatos, nobres petistas! Votei no Lula por acreditar q sua gestão seria dedica à maioria da população, o que em partes ocorreu. Votei na Dilma, até ajudei na eleição dela em Lisboa, na época, por ter pavor do PSDB, e não por acreditar na futura presidente. O problema é que de fato houveram “melhorias”, e não política inclusiva! Melhorias no nível de consumo, na distribuição de renda, cotas, etc. Assim, aumentou-se o consumo, agradou-se ao povo que nunca pôde nada, agradou-se os empresários que lucraram e cresceram como nunca, ajudados muito pela conjuntura econômica internacional (crise europeia), q fez o capital migrar para os emergentes BRICS. Vamos aos problemas e à distância entre o discurso e a prática: a política do PT não é de mudança da estrutura social, e sim manutenção do poder a todo custo, e com o mesmo jogo de política atrelada à corrupção e ao setor empresarial financiador. A maior prova é a tentativa recente de aprovar a MP 630, do PT, para q toda obra pública fique nas mãos das empreiteiras corruptas da Copa. Aliás, era previsível q o Brasil não tinha nenhuma condição institucional de implementar e fiscalizar projetos para a Copa e Olimpíadas do Lula. Outro erro estratégico absurdo desse governo! Se o PT quisesse incluir os mais pobres, seria levando educação de qualidade nas periferias, atrelando ensino integral, qualificando a população marginalizada à séculos. Mas não, a manutenção do poder, dos acordos, da corrupção é mais forte! Não concordo com o PT e sua política de fins q justificam os meios, muito menos PSDB. Acho q como eu, muitos brasileiros estão de saco cheio de tanta sacanagem, tanto imposto, tantos benefícios para uns em detrimento da maioria, e continuar como está o país enfrentará mais crises, por falta de infraestrutura, de tecnologia, de inovação. Os indicadores estão melhorando, meus caros, desde a ditadura, o país caminha, mas poderia ser muito melhor! Ao invés de seguirmos exemplos como o da Coréia do Sul, o PT prefere apoiar governos autoritários e déspotas, financiando investimento de Odebrecht em países “aliados” na África, Venezuela, Cuba, às nossas custas, enquanto pobres estão sem água no sertão, outros sem hospitais decentes em muitas cidades. E os gráficos, bonitos, estão distorcidos sim, em favor, claro, da ideologia de vcs como sempre.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s