Aécio, reloaded

“Eu já sabia”

Eu citei, transversalmente, num post ai atrás que esperava que o Aécio me surpreendesse em breve. Era meio óbvio, e a questão era o timming. E não é que eles conseguiram.

Eu devo confessar, que após o livro do Amaury Jr eu escrevi um rascunho de post cujo titulo era: “Reencontrando Aécio”. Sei que eles tem uma abordagem diferente com a mídia mineira. Mas convenhamos, é só diferente da abordagem do PT ou o PSDB paulista. Problemas sempre existirão.

Mas a questão é que não existe democracia plena sem uma oposição saudável. Existe um vácuo liberal a ser preenchido. Fato. O DEM, continua sendo o ex-PFL com um nome falso. O PSDB teve sua social-democracia raptada pelo habilidoso PT/Lula. Então o mais correto é criar um partido novo, de centro-direita para fazer oposição decente a quem estiver no poder.

Essa notícia implode o PSDB paulista, se não implodir o proprio PSDB. Isso é inovador, e eu, sou viciado em inovação. Pra mim falta inovação na política. Dilma foi uma inovação de Lula.

E agora, o Aécio dá o troco. Não significa que vá votar no Aécio, mas acho que a decisão dele, se implementada corretamente, será genial.

Talvez seja exatamente o que precisavamos para renovar a política brasileira.

4 comentários sobre “Aécio, reloaded

  1. Será que não era mais negócio pra ele ficar com o espólio do PSDB, um partido com capilaridade e recall?

    Não que eu votaria no Aécio. Muito pelo contrário.

    1. Acho que o PSDB se mostra mais impermeável à troca de comando que o velho PMDB. Irônico não?

      Por exemplo, você acredita que FHC vai largar o osso se o Aécio controlar o partido? E o Alckmin? É realmente tão aliado assim do mineiro? Ou vai disputar com ele esse espólio?

      Acho que apesar da dureza da fidelidade partidária,se o projeto for de longo prazo, é melhor criar um novo partido.

      Vamos ver.

  2. Eu acho que há inúmeras vantagens para ele:
    Se desligar da imagem de oposicionista do Lula enquanto é tempo.
    Ele agrega mais ao PSDB do que a recíproca.
    Tem mais chance de agregar setores se estiver desligado do “modus operandi” político do Serra. Ninguém quer ser opositor ferrenho dos setores simpáticos a Lula.
    Com certeza se juntar bons nomes ele leva toda aliança nacional do PSDB desse ano, ou o que sobrar.
    Ele enfraquece a política de café com leite oposicionista de agora para dar mais ênfase no Brasil(eleitoralmente) que agora faz companhia para o estado de São Paulo em grau de importância econômica, eleitoral e política.
    Só ficará melhor se o Alkimim perder e acabarmos de vez com a república velha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s