Lula não ensinou o PT a pescar

“Marlin Azul, bom de briga tb. Mas sou do interiooorrr, fico com o Dourado.”

Tem certas coisas na vida que não tem preço. Quero dizer, indiretamente, que a vida moderna é uma eterna propaganda? Talvez.

Mas o que quero dizer na verdade é que, por exemplo, qdo se decide nos finais de semana, correr 10 Km, pedalar 40 Km, ler um livro, ver um filme, brincar com os filhos, tomar uma cerveja com os amigos, sair para butecar com a esposa, descer o rio pra pescar com o velho, tudo isso te dá a dimensão exata do que te é essencial.

É preciso e necessário se desconectar desse mundo virtual. A vida é bem mais que isso. No final, é só a luta política, estúpido! Tem muita espuma, pouco conteúdo.

É preciso tomar cuidado, senão vc se perde no meio de um turbilhão de futilidades. “Quem vive na essência não se prende às aparências”, disse alguém. E não se enganem, a sociedade moderna é muita aparência, salpicada de distração por todos os lados.

Uma da vantagens de se fazer alguma dessas coisa que citei acima é chegar na segunda e não ter a mínima ideia do que alguém um político desconhecido, chamado Índio, disse a respeito dos seus adversários.

Mas o pior é não entender pq políticos, ditos experientes, reagiram da maneira como reagiram. Não saem do twitter e de uma maneira constrangedora mostram o qto são despreparados, como aprenderam pouco em tantos anos. Só um pescador inexperiente puxaria anzol na primeira fisgada. Só um político inexperiente reagiria a provocações risíveis como aquelas.

Lula sabe disso. Um exemplo? Gilmar Mendes. Enquanto todo mundo na blogosfera e no twitter chamava o presidente de covarde (quem?), o que ele fez? Deu corda para o enforcado. Deixou que o próprio ex-presidente do STF se enrolasse a ponto de constranger seus pares. A pergunta hj é: Quantas linhas o nome “Gilmar Mendes” vai ocupar nos livros história?

Assim não vejo o menor sentido nessa polarização que foi criada entre um político desconhecido, de um partido decadente com o DEM com um partido político do tamanho do PT. Não compreendo como a estratégia eleitoral e jurídica esteja tão mal administrada.

Por favor, deem a ele a irrelevância que sua majestosa mediocridade merece. Estão tentando impor uma agenda (sempre, sempre com a ajuda mídia). Jogo velho, surrado, batido e sem graça. O PT só entra nela só se quiser. Tudo está melhor que o planejado, quem tem reagir, são os adversários.

Evitem judicializar o debate político, mas se for necessário o façam, mas não esperem uma decisão da justiça antes de 31 de outubro. Se querem representar contra um agente do Estado, representem, mas não façam ameaças para recuar qdo a mídia e o espírito de corpo das instituições reagirem.

E se querem reagir politicamente a calúnias e difamações, chamem o pescador mais sagaz pra canoa. Pq ele não vai sair de casa pra pescar lambaris, e sim tirar os dourados da água.

4 comentários sobre “Lula não ensinou o PT a pescar

  1. Quem elege este bando de oportunistas com sua rede de vigarista é o povão, sim! Aquele que não enxerga um palmo do nariz. Portanto, vamos falar em uma linguagem que o povo entenda, se é que o povão lê ou tenha acesso a internet ou ainda se interesse pelo chão que pisa.
    Mensagem para intelectuais até certo ponto é hipocrisia, os intelectuais quando não estão do lado da malandragem dividindo o quinhão, estão satirizando o sistema aguardando sua vez de participar do apanágio.
    A maioria é hipócrita burguês protegido em suas mansões sonega-dores de impostos.
    Portando, meu amigo não perca tempo com textos luxuriosos para intelectuais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s