DEM/PPS devem atacar a Dilma na suas inserções de junho. Datafolha vai testar antes a “efetividade” da estrategia na próxima pesquisa.


“..agora, o bicho vai pegar…”

Pra bom entendedor um pingo é letra. DEM/PPS/PSDB tem juntos, cerca de 30 min de inserções antes do horário eleitoral gratuito – onde os ataques tem um efeito menor, pois a resposta é imediata, e não necessita da intermediação dos meios de comunicação.

O TSE deu a senha, tirou o corpo fora e disse que é do jogo. A única esperança é o plenário reformar essa decisão. Mas ai tem que saber se o recurso vai ser votado no pleno antes das inserções em junho. Só falta o TSE restringir a campanha negativa SÓ APÓS as inserções.

De qualquer forma, o jogo agora vai ser o Datafolha jogar agua fria na fervura do crescimento da Dilma. Vai estrategicamente, avaliar como quase 2000 brasileiros, reagirão aos terroristas. A colocação das questões na pesquisa tem como objetivo atenuar o crescimento da Dilma. Afinal o eleitor vai pensar duas vezes antes de declarar o voto numa “terrorista”, o que é natural, principalmente se o eleitor não tiver acesso ao contraponto.

“Se ser da esquerda é se preocupar com o próximo, tanto qto me preocupo com os meus. Esquerdista sim. Com orgulho.”

Mas a principal função da pesquisa, ao meu ver, é construir uma base de dados sólida da reação dos eleitores à essa campanha negativa, e ajudar a equipe de marketing a ajustar o “tom” dos ataques. Ironicamente, a FSP fez um estardalhaço por muito menos. Mas era de se esperar.

Por isso, eu simplesmente não compreendo essa êxtase dos dilmistas nos blogs. A campanha não começou. Os ataques até agora, incluindo a “Ficha Falsa da FSP”, foram meros ensaios, a serem monitorados com as qualis (pesquisa qualitativas, entrevista a grupos de eleitores, etc).

A pancadaria começa agora. Nas inserções do DEM/PPS, afinal viraram meros “cães de aluguel”. Tudo autorizado pelo TSE. As inserções do PSDB devem ser usadas pra promover o Serra, e tentar não vincula-lo a esse jogo. O toque final, vai ser a mídia propagando com notinhas, que o Serra é contrário a tal estratégia.

Se eu fosse locutor da vênus platinada, anunciaria, após o fim da novela da oito: “-A seguir, 2010 sangrento.

via APL


G1 – Justiça eleitoral mantém sites do PSDB que atacam Dilma – notícias em Eleições 2010

Justiça eleitoral mantém sites do PSDB que atacam Dilma

PT alegou que sites denigrem a imagem da pré-candidata.

Ministro do TSE entendeu que não houve propaganda eleitoral negativa.


Débora Santos Do G1, em Brasília

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Joelson Dias julgou nesta terça-feira (18) improcedente a representação apresentada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) contra o PSDB por propaganda eleitoral negativa sobre a ex-ministra da Casa Civil e pré-candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff.

Segundo o PT, a propaganda irregular teria sido feita por três sites mantidos pelo PSDB. O PT pediu à Justiça o pagamento de R$ 25 mil e a retirada dos sites do ar. O presidente do PT, José Eduardo Dutra, disse que tomou conhecimento da decisão pelo G1 e informou que o partido pedirá que a decisão do ministro seja revista pelo plenário do TSE

Na representação, o PT alega ainda que as páginas na Internet, registradas em nome do PSDB, têm “clara e nítida intenção de denegrir a reputação e a imagem, com vistas a atingir a sua pré-candidatura de maneira negativa.” Segundo partido, o conteúdo é ofensivo à ex-ministra e faz referência à frases e comportamentos da pré-candidata de forma adjetivada, em letras maiúsculas, como “mentira”.

Em sua defesa, o PSDB admitiu a responsabilidade pelo site e disse que o utiliza como “um instrumento de ação partidária por meio do qual tem apresentado suas críticas à atuação do governo ao qual faz oposição”. Os tucanos esclareceram ainda que nenhum dos textos apresentadas no site faz menção a pedido de voto ou ao “não voto” à futura candidata do PT.

Diante dos argumentos, o ministro Joelson Dias entendeu que não foi configurada prática de propaganda eleitoral antecipada, mesmo que os comentários feitos no site sejam negativos à imagem da pré-candidata.

“[As críticas] poderão ser apuradas e os responsáveis pela sua divulgação eventualmente punidos mediante outros remédios jurídicos e sanções, não vislumbro, à falta de conotação eleitoral, a configuração de propaganda eleitoral antecipada negativa”, disse o ministro em sua decisão.

O site “gente que mente” ironiza, por exemplo, erro no currículo divulgado por Dilma Roussefff e o uso da foto da atriz Norma Bengell na área onde está publicada a biografia da pré-candidata em seu site de campanha.

No último dia 13 de maio, o Ministério Público Eleitoral divulgou parecer contrário à ação do PT, citando uma decisão da corte segunda a qual “críticas à ação administrativa do governo são inerentes à atividade política, não configurando propaganda eleitoral”.

Segundo a vice-procuradora-geral eleitoral Sandra Curaeau “o lançamento de críticas a manifestações de filiado de partido opositor é admissível, desde que não exceda ao limite da discussão de temas de interesse político comunitário”.

2 comentários sobre “DEM/PPS devem atacar a Dilma na suas inserções de junho. Datafolha vai testar antes a “efetividade” da estrategia na próxima pesquisa.

  1. […] No novo levantamento da empresa da Barão de Limeira, o que chama atençãoe é uma atípica e bizarra queda de 10% do presidenciável tucano no Sul do Brasil. Isso num trabalhinho pautado para influir no programa eleitoral. […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s